19/05/09

Trabalhar às escondidas...

E chegou até aqui pela mão do francis, o dono da outra loja, este projecto do atelier de arquitectos madrilenos Selgas Cano, aliás este é o novo estaminé sede de trabalhos dos ditos senhores.

Trabalham assim camuflados no meio da mata, muito sossegaditos, bem nos dias de tempestade devem chegar bonitos ao trabalho. Comparado com espaço de uma obra também não é nada demais, os pormenores irrelevantes desta questão.

A estrutura tubular insere-se num pequeno desnível de terreno, ficando semi enterrada. A altura reduzida exterior torna este objecto dissimulado com a sua envolvente, criando a sensação de uma sala de isolamento.

A luz entra naturalmente através do longo rasgo que acompanha todo o seu comprimento e se prolonga até à cobertura. A visão proporcionada do seu interior é uma enorme panorâmica da envolvente vegetal.
A circundar todo o pequeno volume existe uma escadaria parcialmente escondida e caminhos pedonais marcados por deck de madeira.
Aqui está um exemplo de total integração com o meio ambiente, apesar da construção nada ter de materiais naturais.

Claro que todo este open and window space, se encontra equipado com sistema de persianas retrácteis que possibilitam o ensombramento e proválvelmente a segurança.

Pois a segurança na mata... há lobos maus ou na actualidade alguns porquinhos perigosos.
Ainda propósito da segurança, é só pensar implantar um escritório destes na mata de monsanto!...uuiiiii que medo!!!

E muchas gracias, francis-el doño de la tienda ;)

18 comentários:

francis disse...

just great, you did you're home work, fantastic text.
donde es monsanto ? :)

loirices disse...

posso ir para lá trabalhar, limpar janelas e varrer a entrada!

Hélio disse...

Eu juro que quero um sitio destes pra trabalhar... era quase capaz d pagar pra isso...

me. disse...

francis, Monsanto donde és?
É ali em frente, do lado de lá, ali ao longe, em frente minha janela!
Há mais Monsantos cá na terra!
Ou terá algo a ver com a mão da santa?

Loirices, vidrinho para limpar não falta, trabalho garantido e no outono folhas e no verão sempre podes argumentar que ficas como guarda florestal! ;)

Hélio, envias-lhes o teu currículo, nunca se sabe até são capazes 'de te dar una monedas!' :)

francis disse...

ah tu micas Monsanto...
pois há, na Beira, e bem bonita por sinal...olha, um dos limites da Cova da beira, ontem tanto falada.
Bem conheço esses caminhos.
Mão de quem ? No comments.

me. disse...

francis,
conheces tu e conheço eu!
Ou não fosse eu descendente de beirões, da alta, da leitoral... e depois um pouco mais de trás-os-montes, lá pelas aqua flávias e do jamón!

Pi disse...

Fantástico!

Mas e naqueles dias de inverno, com trovões e relâmpagos e chuva torrencial e em que vai tudo pelo ar....uiii, ...mesmo assim parece cosy:)

Um bj,

Lança disse...

Engraçado! :)

me. disse...

Pi, isso foi um dos pormenores irrelevantes da questão! ;)

Lança, pois aqui estava mais perto do teu adorado verde... um sítio para ti! ;)

francis disse...

pois eu é beira baixa, castelo branco e alpedrinha.
;)

meh disse...

brutal! assim, quem é que se lembra do lobo-mau? nem me importava de ser estafeta :)

mfc disse...

Não se pode deixar de gostar!
... e de admirar.

me. disse...

francis, no reino albicastrense!!! ;)

meh, estafeta de mota! estou-te a ver com piqueniques pelo caminho e tal! :)

mfc, também não posso dizer que não gosto de árvores, jardins e de ar! ;)

Dry-Martini disse...

Que espectáculo! Uma das razões por certo de em alguns países os níveis de produtividade serem muito maiores .)

XinXin

me. disse...

Dry-M. pois ajuda gostar de estar no sitio onde se trabalha...mas é preciso mais umas coisas além do espaço fisíco! :)

etc disse...

Já tinha visto o link, não há duvida que apetece entrar lá dentro para experimentar...fica tão "encaixado na natureza" visto de fora, tipo estufa! Estava a tentar perceber onde estaria a casa de banho e reparei que existem umas escadas para um nivel inferior... está mesmo bem! ;-)

me. disse...

etc...
pensei no mesmo mas como se entra em desnível deve existir uma casa de banho enterrada.
Não me parece que tenham de ir à mata! ;)

etc disse...

LOL Pois não! Aposto que está na cave... :-)