03/02/10

Neutra no estilo internacional e intemporal

1947-2008
Richard Neutra trabalhou com nomes sonantes do mundo da arquitectura, por vezes influências bem visíveis e identificáveis nas suas obras como é exemplo Frank Lloyd Wright, Louis Sullivan.
1947-2008
Princípios de estilo de arquitectura onde imperam o Modernismo e o Funcionalismo como conceito de espaço com a famosa frase 'A forma segue a função', onde na europa o Estilo Internacional divulgou em todos os ramos da arte, como é o exemplo da pintura de Mondrian.

2008
O conceito de estilo Modernista e Funcionalista já para não mencionar o ultra divulgado Minimalismo inserem-se perfeitamente nos nossos dias penso que reflecte no bom sentido a globalização da arquitectura como estilo ou como ordem de gosto, pode ser definida pelo conceito do estilo internacional e intemporal.
1947-2008
Singleton, projecto do arquitecto Richard Neutra é a casa que dou como exemplo ao que falo. É de facto um 'monumento' à modernidade não no sentido de grandiosidade mas pela essência que a define e a consolida apesar das mais de 6 décadas da sua construção.
1947-2008
Apesar desta casa ter sofrido um 'update' em 2008 ela foi construída entre os anos 1942-47, são os sessenta anos que separam as fotografias e se não se nota a idade eu diria que o 'botox arquitectónio' chamado linhas simples e puras com materiais nobres e de qualidade, resistiram muito bem ao tempo.
1947-2008
Olhamos para uma casa americana, poderia dizer 'nova', como a maioria das casas concebidas por este arquitecto.
1947-2008
As salas são espaços sofisticados, amplos que dialogam visualmente com exterior, já que a pele exterior que a envolve é feita essencialmente por plano de vidro.
1947-20081947-2008
Uma casa moderna, exactamente isso que ela representa, é isso que o seu autor assina Richard Neutra, arquitecto caracterizado pela modernidade, simplicidade e minimalismo, o Estilo Internacional o estilo intemporal.
2008
Aqui as mudanças verificaram-se apenas nos acabamentos pela substituição dos materiais e do redesenhar do espaços exteriores.
Porque quando o desenho é bom não precisa de mais nada.

1 comentário:

Paula disse...

Para além de adorar tudo que seja aberto, tenho uam paixão pela envolvência com a natureza... algo de muito.. MÁGICO!

Adorei!